Boletim - Julho 2016

Fundação Energia e Saneamento

Memória



Vista externa da casa das caldeiras da Usina Paula Souza. Dezembro, 1926.


A história da Usina Termelétrica Paula Souza


Em constante transformação, a cidade de São Paulo testemunha o surgimento e desaparecimento de diversas edificações. O setor de energia, não imune a tais mudanças, também já construiu e desativou diversas estruturas na Capital. Na seção Memória deste mês, conheça a história da Usina Termelétrica Paula Souza, erguida em 1912 pela companhia de energia Light próxima às margens do Rio Tamanduateí, no Centro.

Usina a Vapor: um obra emergencial da Light

Após inaugurar, em 1901, a Usina de Parnaíba - primeira hidrelétrica a abastecer a cidade de São Paulo, localizada em Santana de Parnaíba -, a Light encontrou, já na década seguinte, dificuldades para atender o rápido crescimento do consumo de eletricidade na Capital. Em 1912, pela primeira vez desde o ínicio de seus serviços, a empresa foi obrigada a racionar o fornecimento de energia por alguns dias.

Como solução emergencial, a companhia optou por instalar, no centro de São Paulo, uma usina a vapor como forma de complementar a eletricidade gerada em Parnaíba. A termelétrica foi construída em terreno anexo à Subestação Paula Souza, responsável por transformar e distribuir a energia vinda da hidrelétrica do interior pelas linhas de transmissão.

A usina a vapor foi inaugurada em 27 de setembro de 1912. A partir de maio de 1913, seus serviços foram utilizados quase que continuamente, produzindo cerca de 15% da energia total gerada para a cidade naquele período. Com o auxílio da termelétrica, foi possível à Light normalizar o serviço e auxiliar no fornecimento de energia nas horas de ponta de carga de Parnaíba.

A usina a vapor trabalhava, inicialmente, com dois grupos turbo-geradores, e teve sua capacidade de geração duplicada em 1924. A termelétrica funcionou até 1956, quando foi desativada e teve seu edifício demolido. A Subestação Paula Souza, localizada na rua homônima, funciona até hoje e é a mais antiga em operação pela AES Eletropaulo.






Obras das fundações da usina a vapor. Ao fundo, as edificações da Subestação Paula Souza. 1912. Guilherme Gaensly




As instalações da termelétrica: sistema de refrigeração a água, casa de bombas e reservatório. 30/1/1926.



Vista interna da usina a vapor, com destaque para os turbo-geradores.
Janeiro, 1915. Guilherme Gaensly




Torre de resfriamento nº 2 da Usina Termelétrica Paula Souza. 3/7/1925



Descarregamento de óleo combustível para utilização na usina termelétrica. 30/1/1926




Galpão de postes de concreto do conjunto de edificações da Subestação Paula Souza, tendo ao fundo as chaminés da usina a vapor. Dezembro, 1926

Rede Museu da Energia


Programação especial
"Férias no Museu"
movimenta unidade de Itu

Como forma de promover a interação do público infantil com a exposição "História, Energia e Cotidiano" de maneira dinâmica, e diferente da mediação tradicional, o setor educativo do Museu da Energia de Itu realizou, às quartas-feiras de julho, a programação especial "Férias no Museu". Mais de 50 crianças participaram da ação, que ofereceu atividades gratuitas como brincadeiras, oficinas e jogos, misturando aprendizado com diversão.

Em três quartas-feiras de julho, nos dias 6, 20 e 27, o Museu da Energia realizou as ações "Caminhando no Escuro", "O Museu do Futuro" e "Caça ao Tesouro". Durante o período, a unidade também abrigou atividades da 23º Festival de Artes de Itu, o que também contribuiu para o aumento de público em relação a julho do ano passado. "A proposta visava, inicialmente, ser uma alternativa semanal de atividade para as crianças em férias. Porém, observamos que muitas participaram todos os dias e outras vieram ao Museu pela primeira vez", conclui Ana Sbrissa, coordenadora do Museu da Energia.




Primeira atividade aconteceu no dia 6 de junho




Na segunda semana, crianças participaram da ação "O Museu do Futuro"




A ação foi encerrada com o jogo "Caça ao Tesouro"

Espaço das Águas


Exposição "Água: Energia
do Planeta Terra" chega
ao Senac Taubaté

De 22 a 24 de agosto, a mostra "Água: Energia do Planeta Terra", da Fundação Energia e Saneamento, estará em exposição no Senac Taubaté (Rua Nelson Freire Campello, 202 - Jardim Eulália). Composta de cartuns de artistas de diversos países, a mostra traz uma crítica bem humorada sobre a urgência do consumo consciente da água.

A exposição estará no local durante a realização da Semana Senac de Sustentabilidade 2016, que acontece de 22 a 27 de agosto, em unidades da instituição na Grande São Paulo e interior. O evento é inspirado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que traçam um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade em busca do equilíbrio universal.




Exposição estará no Senac Taubaté durante
a Semana de Sustentabilidade 2016.


Notícias


Exposição
"História da Energia" itinera no Colégio Marista de São Paulo

A partir desta terça-feira (2 de agosto), o Colégio Marista Arquidiocesano da Capital recebe a mostra itinerante "História da Energia Elétrica no Estado de São Paulo (1847-2013)". Produzida pela Fundação Energia e Saneamento, a mostra reúne, em uma linha cronológica, os marcos do processo de evolução da indústria de energia elétrica, fundamental para o desenvolvimento econômico e social do Estado de São Paulo.

Por meio de painéis fotográficos e textos, é possível acompanhar o processo de implantação da energia, iniciado no final do século 19. A exposição destaca, por exemplo, a construção de algumas das primeiras usinas hidrelétricas e a inauguração de iluminação pública em diversas cidades do Estado. Na cidade de São Paulo, o marco foi a chegada da Light, em 1900, que implantou as primeiras linhas de bonde elétrico do Brasil.

"História da Energia Elétrica no Estado de São Paulo (1847-2013)" conta com patrocínio da EDP Brasil.






Exposição registra importantes momentos do setor energético paulista, como a construção da Usina Hidrelétrica Jupiá


Corpo Editorial: 
Isabel Felix e Mariana de Andrade
Apoio à pesquisa: Bianca Grazini
Webdesign: Fernando de Sousa Lima
Copyright © 2016 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.
As imagens sem identificação pertencem ao acervo da Fundação Energia e Saneamento.


Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui  e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br



Rede Museu da Energia
Espaço das Águas


@energiaesaeamento



Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web