Boletim - Março 2016

Fundação Energia e Saneamento

Memória


Canal do Rio Pinheiros em direção sul da Avenida Cidade Jardim


São Paulo e suas águas


Em 22 de março de 1992, a Organização das Nações Unidas - ONU estabeleceu o Dia Mundial da Água. Na ocasião, foi divulgada a Declaração Universal dos Direitos da Água, documento composto por dez artigos com sugestões que visam despertar a consciência ecológica para essa questão. A Declaração informa em seu artigo primeiro que "a água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos."

Elemento essencial à vida, a água tem sido evocada por poetas, prosadores e historiadores. Entre as muitas referências à sua importância, tornou-se célebre a frase de Heródoto (séc. 5 a.C.), segundo o qual o Egito seria uma dádiva do Nilo.

A mesma expressão pode ser usada em referência à cidade de São Paulo, pois sem o Anhangabaú, o Tamanduateí, o Tietê e a rede de córregos e regatos inseridos em seu território, a capital paulista e os demais núcleos urbanos vizinhos não teriam florescido.

No decorrer do século passado, políticas públicas levaram ao soterramento de cerca de 1.500 quilômetros de rios paulistanos. Embora tenha enterrado vivos seus corpos d´'água, conforme expressão do engenheiro Guilherme Castagna, eles continuam fundamentais para a cidade.

Com a missão de preservar e divulgar o patrimônio histórico dos setores de energia e saneamento ambiental, a Fundação Energia e Saneamento preserva e coloca à disposição dos pesquisadores e do público em geral um rico e diversificado acervo - datado de final do século 19 ao 21 -, que registra muitas das transformações da paisagem urbana e das soluções adotadas em relação ao aproveitamento das águas na capital paulista, ao longo de mais de 100 anos.





Confluência dos rios Tietê e Pinheiros, olhando-se em direção a Osasco. S.d.




Vista da Ponte Grande em 1926, sobre o Rio Tietê, durante competição
de esportes náuticos. S.d. Foto de Raul Almeida Prado




Rio Tamanduateí, no bairro da Ponte Pequena, quase junto ao ponto de confluência no rio Tietê. 27/1/1900. Foto de Guilherme Gaensly




Linha de transmissão de energia na altura da Ponte Pequena, no rio Tamanduateí, em direção à várzea do rio Tietê. 4/12/1900. Foto de Guilherme Gaensly

Rede Museu da Energia


Museu da Energia de Salesópolis realiza ação especial no Dia da Educação

Para celebrar o Dia da Educação (28 de abril), o Museu da Energia de Salesópolis oferecerá, de 26 de abril a 1º de maio, a atividade especial "Origens do Solo". Aproveitando as potencialidades do Museu, instalado em área que abrange 135 hectares de floresta de Mata Atlântica, a ação educativa objetiva apresentar ao público o processo de origem, formação e transformação do solo.

"A ideia é promover uma reflexão sobre os tipos de solo e o tempo que estes demoram para serem formados. Entre outros, vamos abordar temas como vulcões, rochas, ações naturais que atuam nas rochas, intemperismo e meio ambiente", explica Fernando Maia, biólogo e educador do Museu da Energia.

A ação é voltada a todos os públicos e não há necessidade de inscrição. Informações pelo e-mail salesopolis@energiaesaneamento.org.br.




Atividade visa explicar a origem e formação do solo.
Foto de Elvis Jesus Japão

Espaço das Águas


Exposição itinerante "Água:
energia do planeta terra" no
Instituto Educacional
Imaculada

Até o dia 4 de abril, o Instituto Educacional Imaculada, em Campinas, recebe a mostra itinerante "Água: Energia do Planeta Terra", da Fundação Energia e Saneamento. A exposição apresenta a produção de cartunistas de diversos países que usam sua arte para provocar inquietações sobre a urgência de utilizar a água de forma consciente, percebendo-a como um patrimônio a ser preservado.

Inspirados na ideia de evitar a escassez da água, alguns artistas exibem, em tom de alerta, exemplos de maus hábitos relacionados ao desperdício dos recursos hídricos.

A Fundação Energia e Saneamento possui um programa de empréstimo de suas exposições itinerantes a empresas, escolas e associações interessadas. Algumas das mostras disponíveis podem ser conferidas aqui.




Itinerância integrou ações especiais do Dia Mundial da Água
no Instituto Educacional Imaculada

Notícias


Museu da Energia de
São Paulo recebe exposição
"Gasômetros pelo mundo"

Até o final do ano, o Museu da Energia de São Paulo recebe a exposição itinerante "Gasômetros pelo Mundo". Produzida pela Fundação Energia e Saneamento, a mostra apresenta a história dos gasômetros, infraestruturas erguidas entre o final do século 19 e início do 20 para a produção de gás à base de carvão mineral, combustível essencial para o processo de industrialização de diversas regiões do mundo.

Integrada aos roteiros de visita do espaço, a exposição está instalada na área externa do Museu da Energia. A entrada é gratuita.

Usinas de Gás


As fábricas de gás e seus gasômetros forneciam o gás necessário para iluminar as cidades, abastecer as indústrias e garantir conforto às residências, permitindo o uso de aparelhos domésticos como o fogão. Com o fim da utilização do gás de carvão mineral, muitos gasômetros foram desativados e passaram por um longo processo de abandono e degradação até serem demolidos ou revitalizados para novos usos.





Exposição segue no Museu da Energia até o final do ano


Promoção do livro
"São Paulo em 200 imagens"
segue em abril

Quem ainda não teve a oportunidade de adquirir São Paulo em 200 imagens, nova publicação da Fundação Energia e Saneamento, tem até o final de abril para obtê-la ao preço promocional de 50 reais.

Lançado em janeiro de 2016, o livro já foi destaque na Coluna Paulistices, de Edison Veiga, do jornal Estadão (22/1/16); na Coluna Memória, de Maurício Xavier, da Veja São Paulo, (edição nº 2.467, 2/3/16); e na revista Aventuras na História (edição nº 153).

A publicação pode ser obtida na sede da Fundação Energia e Saneamento (Alameda Cleveland, 601, Campos Elíseos) e nas lojas de souvenir da Rede Museu da Energia, como também por encomenda pelo e-mail biblioteca@energiaesaneamento.org.br.







Corpo Editorial: 
Isabel Felix, Mariana de Andrade e Miguel Zioli
Apoio à pesquisa: Bianca Grazini, Maíra de Andrade Scarello e Maria Isabel Chiavini Torres
Texto da Seção Memória: Miguel Zioli
Webdesign: Fernando de Sousa Lima
Copyright © 2016 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.
As imagens sem identificação pertencem ao acervo da Fundação Energia e Saneamento.


Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui  e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br



Rede Museu da Energia
Espaço das Águas


@energiaesaeamento



Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web