Boletim - Novembro 2016

Fundação Energia e Saneamento

Memória



Oficina de reparos elétricos da Light no bairro do Cambuci, que ilustra capa da revista britânica. Guilherme Gaensly. Novembro, 1927

Foto de acervo da Fundação Energia e Saneamento é capa
de revista britânica


Uma imagem das oficinas de manutenção de máquinas elétricas da antiga companhia Light no bairro do Cambuci, em São Paulo, de 1927, pertencente ao acervo da Fundação Energia e Saneamento, é a capa, de novembro, da prestiogiosa revista "The International Journal for the History of Engineering and Technology", da Newcomen Society, sociedade acadêmica especializada em história da engenharia e tecnologia. Fundada em 1920, em Londres, a organização internacional é a mais antiga no mundo e a principal referência em sua área, com a publicação de milhares de trabalhos originais que servem como material de pesquisa a engenheiros e historiadores.

A imagem da capa, entre outras, ilustra artigo do engenheiro e pesquisador brasileiro José Luiz Pereira da Costa Dias, "Motores elétricos em São Paulo, Brasil 1900-1950". Em seu trabalho, realizado a partir de pesquisas na documentação histórica do acervo da Fundação e de outras instituições, Dias apresenta os marcos iniciais e as realizações da engenharia, em São Paulo, no uso, reparo, projeto e fabricação de motores elétricos.

Abrangendo o período de 1900 a 1950 sob o prisma do contexto econômico e tecnológico, o artigo assinala como o uso de motores elétricos surgiu concomitante à industrialização da cidade. Além disso, aponta como o surgimento de manufaturas de motores elétricos em solo nacional se deu a partir das restrições de importação de materiais em virtude da Segunda Guerra Mundial, cabendo à engenhosidade dos novos industriais a tarefa de encontrar alternativas e soluções viáveis à falta de equipamentos importados. Tais processos, defende Dias, foram apoiados pelo conhecimento oferecido pela Escola Politécnica de São Paulo e seu Instituto de Eletrotécnica.

Sobre a pesquisa que efetuou nos arquivos da Light, o autor enfatiza que "a riqueza do acervo da Fundação, sua organização impecável e a colaboração recebida do pessoal do Núcleo de Documentação e Pesquisa permitiram estruturar e documentar o artigo no que se refere à atuação da The São Paulo Traction, Light and Power Co. nos primórdios da utilização de motores elétricos em São Paulo, tanto em seus aspectos mercadológicos quanto técnicos. Por tudo isto, há um agradecimento explícito no artigo à Fundação Energia e Saneamento".

Para ter acesso ao artigo, clique aqui.



Primeira loja de equipamentos elétricos da cidade, a firma "James Mitchell & Co", representante da General Electric. Guilherme Gaensly. 1900



Trabalhadores nas oficinas de reparo de motores elétricos da Light, nas antigas instalações da "Cia Água e Luz". 1908




Contrato da Light de 1910 com um de seus clientes - à época, os motores elétricos disponíveis em São Paulo concentravam-se nas mãos de poucos
grandes consumidores de energia, sendo o maior deles as Indústrias Matarazzo






Formado em engenharia elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, com MBA na Fundação Getúlio Vargas, José Luiz Dias é membro da Newcomen Society desde 2006 e coautor da obra "Seleção e Aplicação de Motores Elétricos", com Orlando Silvio Lobosco




Capa da revista da Newcomen Society, edição de novembro, volume 86,
issue 2, ilustrada com imagem do acervo da Fundação Energia e Saneamento


Rede Museu da Energia


Projeto "Aprendendo
a Reciclar" arrecada
16 mil garrafas PET

Entre 4 e 22 de novembro, o Museu da Energia de Salesópolis promoveu o projeto "Aprendendo a Reciclar" na Escola Municipal Mestra Henriqueta, com a arrecadação de mais de 16 mil garrafas PET. A iniciativa, criada em parceria com a ARES - Associação dos Recicladores da Estância de Salesópolis, integra a realização, durante um mês, de palestras, gincanas e trilhas ecológicas em escolas com o objetivo de promover a consciência ambiental.

Na primeira etapa do projeto, a equipe educativa do Museu da Energia e da ARES conduziu palestra sobre reciclagem na unidade de ensino, que reuniu mais de 560 pessoas, entre alunos, professores e funcionários. Na segunda etapa, houve a realização de gincana e contagem de materiais reciclados, com arrecadação total de 16.282 garrafas plásticas. Ao final, as duas salas com maior arrecadação foram premiadas e participaram da ação educativa "Trilha Sensorial" no Museu da Energia.






Mais de 500 membros da comunidade escolar participaram das atividades do projeto "Aprendendo a Reciclar". Foto: Divulgação

Espaço das Águas



Obras de construção do Sistema Cantareira, um dos marcos iniciais da Sabesp. Década de 1970. Acervo Memória Sabesp


Sabesp completa 43 anos de história

Em novembro, a Sabesp, maior empresa de saneamento do Brasil, completou 43 anos de serviços. Fundada em 1° de novembro de 1973 a partir da fusão de seis empresas (Comasp, Sanesp, SAEC, FESB, SBS e Sanevale), a companhia tem como missão planejar, executar e operar serviços de saneamento no Estado de São Paulo.

No entanto, sua história tem início muita antes, a partir da criação da Companhia Cantareira de Água e Esgotos, em 1877, primeira empresa a instituir o abastecimento de água na cidade de São Paulo, antes realizado em chafarizes, fontes e coleta direta em rios, por ligações domiciliares.

Com o aumento da população, ainda no final do século 19 o governo provincial assumiu os serviços de saneamento com a criação do RAE (Repartição de Água e Esgotos), que seria substituído, em 1954, pelo DAE (Departamento de Águas e Esgotos), com a expansão do atendimento às cidades de Guarulhos, São Caetano, Santo André e São Bernardo do Campo.

Nos anos 1960, outras empresas de economia mista seriam criadas para atender a crescente demanda por serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto na Grande São Paulo. Em 1973, com a criação da Sabesp, tais serviços seriam integrados em uma só empresa, responsável não somente pelo atendimento à Região Metropolitana, mas ao litoral e interior do Estado. Um dos marcos iniciais da Sabesp foi o início da operação do Sistema Cantareira, em 1974, com capacidade para abastecer 60% da população ao norte da Região Metropolitana.

Toda a história da Sabesp, desde suas origens na Cia Cantareira e Esgotos, pode ser acessada no site Memória Sabesp, um projeto conduzido pela Fundação Energia e Saneamento, que mantém equipe na companhia, responsável pela organização de seu acervo histórico e atendimento a pesquisadores.




Prédio da Repartição de Água e Esgotos em São Paulo, criada em 1893 para assumir os serviços da Cia Cantareira. S.d. Acervo Memória Sabesp



Equipe da Fundação Energia e Saneamento trabalha no acervo histórico da companhia de saneamento do Estado

Notícias


Centro histórico de Itu
recebe última edição
do ano do "Arte no Beco"

No dia 11 de dezembro, o "becão" do centro histórico de Itu, ao lado do Museu da Energia, recebe a 12ª e última edição do ano da feira cultural "Arte no Beco". Com uma programação diversificada e voltada a toda a família, o evento acontece das 11 às 16 horas e reunirá diversas atividades artísticas e educativas na Rua de Pedestres Marcos Steiner Neto, entre elas música, fotografia, artes visuais, artesanato, gastronomia e ações educativas (promovidas no Museu da Energia).

A 12ª edição do evento também marca as celebrações de 17 anos do Museu da Energia de Itu, que a partir da data estará com entrada gratuita - a ação promocional vai de 11 a 18 de dezembro. O evento "Arte no Beco" é uma realização da produtora Motirõ Cultural com apoio do Museu da Energia de Itu/ Fundação Energia e Saneamento.







Última edição do ano da feira cultural acontece no dia 11 de dezembro.
Foto: Divulgação



Corpo Editorial: 
Isabel Felix e Mariana de Andrade
Apoio à pesquisa: Bianca Grazini e Tatiane Oliveira
Webdesign: Fernando de Sousa Lima
Copyright © 2016 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.
As imagens sem identificação pertencem ao acervo da Fundação Energia e Saneamento.


Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui  e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br



Rede Museu da Energia
Espaço das Águas


@energiaesaeamento




Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web