Boletim - Outubro 2015

Fundação Energia e Saneamento

Memória



Bonde para operários na linha Penha, com tarifa reduzida para trabalhadores. 1916. Guilherme Gaensly


Livro "Energia Elétrica e Poder Político" estuda organização
de trabalhadores da Light na República Velha


Durante o ano, a Fundação Energia e Saneamento recebe a visita de diversos pesquisadores que buscam o acervo da instituição para a realização de trabalhos de mestrado e doutorado. Para além das produções acadêmicas voltadas à temática da energia e do saneamento, o acervo oferece diversas possibilidades de pesquisa a partir de uma coleção que integra, entre outros, 260 mil documentos iconográficos e dez mil cartográficos, 1.600 metros lineares de documentos textuais e uma biblioteca com 50 mil títulos, datados entre meados do século 19 e início do século 21.

Uma destas novas abordagens possíveis sobre o acervo é o estudo da organização de trabalhadores no período de urbanização e industrialização do Brasil. Este é o tema do livro "Energia Elétrica e Poder Político: Trabalhadores da Light São Paulo (1900 - 1935)", de João Marcelo Pereira dos Santos, recém lançado pela editora Outras Expressões. A obra estuda a ação coletiva dos operários da unidade da Light na Capital durante as primeiras décadas do século 20.

A publicação, ilustrada com imagens da Fundação Energia e Saneamento, foi originalmente apresentada como tese de doutorado ao Programa de Pós-Graduação em História da Unicamp, com extensa pesquisa no acervo da Fundação, que detém relatórios, dossiês e fichas de funcionários da Light, entre outros documentos.

Além de revelar as situações de enfrentamento, as pautas de reivindicação e as relações dos "lightianos" com o conjunto do operariado paulistano - em especial, da organização de motorneiros e condutores dos bondes elétricos -, o livro também explicita a trajetória de expansão da Light e sua dinâmica com o poder político que comandou o Estado durante a República Velha. Desta articulação, "Energia Elétrica e Poder Político" aponta a efetividade dos constrangimentos impostos às uniões de trabalhadores e à construção destas identidades coletivas, além de sua relação com a população paulistana.





Trabalhador da Light executando lavagem de carros na garagem do Brás. 1928




Acidente envolvendo bonde elétrico na Rua Lavapés, esquina com
a Rua Tamandaré, bastante noticiado à época. 1910



Operários trabalhando no assentamento de trilhos e instalação de base
de concreto na Alameda Nothmann. 1931




Energia Elétrica e Poder Político: Trabalhadores da Light
São Paulo (1900 - 1935)
. João Marcelo Pereira dos Santos.
Editora Outras Expressões 288 páginas, - 25 reais

Rede Museu da Energia


Físico Cláudio Furukawa ministra oficina
no Museu da Energia de Salesópolis

O Museu da Energia de Salesópolis promove,  no dia 6 de novembro (sexta-feira), a oficina gratuita "Energia: aspectos históricos e físicos", com o físico Claudio Furukawa (Instituto de Física da USP e UNIFIEO). A ação é voltada a professores, estudantes e interessados em geral e acontecerá das 14 às 17 horas no Lar São Vicente de Paula (Rua Antônio Pereira de Souza, nº 74, Centro de Salesópolis).

O workshop apresentará diversos aspectos da história e do cenário atual do setor, além de explorar os variados processos e fontes de energia e tratar o assunto sob a ótica da física, entre outras abordagens. Na oportunidade, o público participará da elaboração de experimentos que poderão ser levados para casa. Todo o material será cedido pelo Museu.

Gratuita, a oficina vai receber 40 participantes e as inscrições poderão ser realizadas até o dia 5 de novembro, pelo e-mail salesopolis@museudaenergia.org.br ou pelo telefone 4696-1332 ou 99115-0020. Haverá entrega de certificados.

Abaixo, o programa da atividade:

• O panorama mundial e brasileiro sobre a produção de energia;
• Um breve histórico da energia em São Paulo a partir do final do século XIX;
• A energia sob a ótica da Física - conceitos de trabalho, energia e potência; • A energia e a evolução do consumo;
• Resumo histórico do uso da energia elétrica pelo homem;
• Processos de geração, transmissão e distribuição de energia;
• Fontes de energia elétrica: pequenas e grandes centrais hidrelétricas, termelétricas (combustíveis fósseis e nucleares), eólicas, biomassa, solar, célula a combustível e cerâmica piezelétrica;
• Os perigos da eletricidade - o choque elétrico;
• O setor da energia hoje e os caminhos para o futuro.

Espaço das Águas


Espetáculo mescla
circo e teatro para debater a
importância do uso
consciente da água

Como forma de aproximar a temática socioambiental do público infantojuvenil, o Museu da Energia de Itu apresenta, no dia 15 de novembro, às 10 horas, o espetáculo "Água", do Clã - Estúdio das Artes Cômicas e A Próxima Companhia. A peça é gratuita e será realizada no Parque Ecológico Taboão (Avenida Itu 400 anos, 77 - Bairro Itu Novo Centro).

Com direção de Cida Almeida, o espetáculo traz uma trupe de palhaços que "entrou pelo cano" ao desperdiçar água. A partir daí, passam pelas mais incríveis aventuras marinhas e ribeirinhas à procura do valioso líquido que sumiu, divertindo o espectador e explorando os tipos de uso que fazemos com esse recurso.

Ao utilizar uma linguagem que mistura pantomima, circo e teatro, a apresentação faz uma homenagem aos espetáculos "panos de roda", procurando tratar de questões fundamentais como a falta d'água de maneira inusitada.




Espetáculo mistura pantomima, circo e teatro para tratar da água.
Foto de André Fontes


Notícias



Trecho do levantamento aéreo do Rio Pinheiros, na Capital, e que integra a série de documentos fotográficos a serem digitalizados. 1941


Fundação inicia digitalização de acervo de mais de 27 mil imagens
aéreas do Estado de São Paulo

A partir de novembro, a Fundação Energia e Saneamento inicia a digitalização de todo o acervo aerofotogramétrico de um de seus maiores fundos. A série reúne mais de 27 mil imagens aéreas (ampliaçães e negativos) do Estado de São Paulo produzidos entre as décadas de 1920 e 1950. Com a digitalização, a instituição poderá facilitar o acesso de pesquisadores a uma relevante parte de seu acervo.

Do fundo Eletropaulo, o conjunto que será digitalizado integra recobrimentos fotográficos não só do Estado, mas de regiões limítrofes do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso do Sul. Os levantamentos, realizados a partir do uso de aeronaves para a tomada fotográfica métrica, foram produzidos entre 1928 e 1959 para embasar estudos de aproveitamento hidro energético no território onde atuava a extinta Light, empresa concessionária de energia em São Paulo no período.

O trabalho de digitalização tornou-se possível com a aquisição de um escâner profissional de alta resolução. Para o uso do novo equipamento, a equipe do Núcleo de Documentação e Pesquisa (NDP) da Fundação realizou, em outubro, uma visita técnica à empresa Prata da Casa, escritório de consultoria na área gráfica e em gestão de acervos digitais.

Na ocasião, a equipe do NDP pôde aprender sobre o funcionamento do escâner Epson Expression 11000 XL, seus programas de digitalização e outras especificações técnicas ideais para a reprodução de imagens com o consultor Bruno Mortara, sócio-diretor da Prata da Casa e superintendente do ONS27 - da ABNT/ABTG, organismo credenciado pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) que elabora as normas técnicas para o setor gráfico brasileiro.


Centro histórico de Itu recebe
a 8ª edição da feira cultural
"Arte no Beco"

No segundo domingo de novembro (8/11), o "becão" do centro histórico de Itu, ao lado do Museu da Energia, recebe a oitava edição da feira cultural "Arte no Beco". O evento, que acontecerá das 11 às 16 horas, reunirá diversas atividades artísticas e educativas na rua de pedestres Marcos Steiner Neto, entre elas música, dança, teatro, artes visuais, gastronomia e oficinas educativas.

Na data, o Museu da Energia promoverá visitação gratuita às suas exposições e oferecerá uma oficina de papietagem. Voltada a todos os públicos, a atividade será realizada das 13 às 16 horas.

O projeto é uma realização da produtora Mutirõ Cultural com apoio do Museu da Energia de Itu e tem por objetivo sensibilizar o público sobre a importância do "becão" como um espaço público que deve ser ocupado e preservado pela população.




Feira cultural "Arte no Beco" chega a sua oitava edição com diversas atrações.
Foto: Divulgação


Corpo Editorial: 
Isabel Felix, Mariana de Andrade e Miguel Zioli
Apoio à pesquisa: Bianca Grazini e Maíra de Andrade Scarello
Webdesign: Fernando de Sousa Lima
Copyright © 2015 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.
As imagens sem identificação pertencem ao acervo da Fundação Energia e Saneamento.


Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui  e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br



Rede Museu da Energia
Espaço das Águas



Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web