Fundação lança o livro "Guarapiranga 100 anos"

raide das américas  
Em 1927, paulistanos aguardam pouso de hidroavião na Represa Guarapiranga

Em 28 de fevereiro de 1927, uma multidão reuniu-se na antiga barragem de Santo Amaro, em São Paulo, para testemunhar o pouso do hidroavião do italiano Francesco de Pineda, que realizava uma das viagens transcontinentais pioneiras no mundo. A jornada, iniciada em Gênova, na Itália, com escalas na América do Sul e nos Estados Unidos, ficaria conhecida como "Raide das Américas".  Essa e outras curiosas histórias que têm como cenário a antiga Represa de Santo Amaro poderão ser conferidas em "Guarapiranga 100 anos", nova publicação da Fundação Energia e Saneamento.

Com texto de Ricardo Araujo e de Mariângela Solia, e mais de 240 imagens - entre fotos, ilustrações, gravuras e mapas -, a obra reconstitui a história da represa centenária que se tornou essencial à vida de aproximadamente 3,5 milhões de pessoas que vivem na região metropolitana de São Paulo e são abastecidas por suas águas. 

O trabalho recorre a acervos fotográficos institucionais e familiares pouco conhecidos ou inéditos, à memória de antigos moradores e frequentadores da represa e à documentação de empreendimentos, costumes e eventos que a tiveram por cenário.

No primeiro capítulo, "O século de São Paulo", o leitor é apresentado ao cotidiano paulistano à época da formação da represa; em "A Light e a represa", é possível conhecer em detalhes o início das obras de construção da Guarapiranga, até então, o maior projeto de barragem no Hemisfério Sul; o terceiro capítulo, "A represa longe da cidade", mostra como o reservatório ganhou fama de local bucólico, tornando-se uma "riviera no planalto" com a instalação de casas de veraneio e diversos clubes. "A represa dentro da cidade", capítulo final, apresenta a história mais recente da Guarapiranga, cujas margens, a partir da década de 1970, passaram por um processo de urbanização que trouxe preocupações sobre a sua preservação hídrica.

PONTOS DE VENDA

Com tiragem inicial de três mil exemplares, "Guarapiranga 100 anos" estará à venda, a partir do dia 16 de agosto, na Rede Museu de Energia por 60 reais e disponível para consulta gratuita no Núcleo de Documentação e Pesquisa da Fundação Energia e Saneamento. A obra também pode ser adquirida por meio de pedidos pelo e-mail biblioteca@energiaesaneamento.org.br, com a efetuação de depósito bancário e envio pelos correios.

O título é patrocinado pela AESABESP, Cobrape, Hagaplan, JNS Engenharia, Consultoria e Gerenciamento e Sabesp.  

capa guarapiranga


Veja algumas imagens do livro:

guara contrução

Obras da barragem de Santo Amaro. 1908. Acervo Fundação Energia e Saneamento

guara imc 

Fila para embarque em um barco de recreio. 1948. Peter Scheier. Acervo do Instituto Moreira Sales

guara vela

Velas na represa. Acervo de sócios do Yatch Clube Santo Amaro

guara nova

Em primeiro plano à esquerda, a barragem e o grande canal de descarga lateral. Foto de Marcelo Uchoa 

Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web